0

Para Roma com amor.

Uma das vantagens de fazer intercâmbio na Europa, é a facilidade de viajar para outro país com mais facilidade e baixo custo. (vou confessar que esse foi um dos motivos do qual escolhi vir estudar aqui, risos).  Eu sempre quis conhecer a Itália, a terra das massas, do gelato, e de um bom vinho. 

Vou confessar que, minha decisão para ir para a Itália foi repentina. Umas amigas ficaram comigo no dia do boxing day, pois minha host family tinha ido viajar, e papo vai papo vem, decidimos que deveríamos conhecer a Itália #momentoYOLO . Procuramos por um pacote com passagens e hotel pela internet e pronto: íamos para a Itália!! Era verdade!! Eu estava em êxtase!! 

Um dos momentos mais difíceis foi escolher o destino, se eu pudesse, eu simplesmente iria pra ficar um mês passeando por todo o país #sonhadoras #medeixem. E acabou que Roma foi a escolhida. Nada melhor que passar alguns dias em uma cidade onde aconteceu tanta história.

Prometo, que irei parar com a enrolação, e vou postar as fotos. Só quero compartilhar que, nem tudo no intercâmbio é paraíso. A gente passa por alguns perrengues também, e isso que faz com que aprendamos cada vez mais.

Continuando o post anterior, (sim, a gente fez a loucura de agendar um voo na manhã de ano novo :x) madrugada do dia primeiro de janeiro, estava eu e mais 2 amigas correndo pelas ruas de Londres, tentando achar uma estação de metrô aberta…Andamos de Westminster até a Picadilly Circus (sim, andamos muuuuuuuito) no meio de muita gente, tipo, muita gente mesmo. (Ai galera, eu estava com tanta roupa no corpo, que me senti incomodada, não via a hora de tirar as jaquetas, o colete, a segunda pele..hahaha). 

Por um momento, pensei que não iríamos conseguir pegar o voo, e me bateu aquele desespero #avontadedechorartambém. Depois de pegar as malas, fomos para a Victoria Station para pegar um ônibus para o aeroporto de Gatwick. Ufaaa! Chegamos no aeroporto 3 da manhã, e esperamos pelo voo. Na hora que estávamos entrando para o avião, as aeromoças falaram que deveríamos despachar as malas, pois a cia aérea só aceitava uma mala de mão. Lá se vai 40 libras quasedesistideir pra despachar minha mala (foi falta de atenção nossa, por não ler todo o regulamento deles, mas aprendi a não fazer mais isso.)

Depois de 2 horas…chegamos em Roma!!! ❤

Ficamos na cidade por 3 dias e eu queria ter mais tempo, para conhecer mais lugares #prontofalei

Resumindo: nesses 3 dias comemos muita massa e tomamos muito gelato (que by the way, é o melhor do mundo!), e claro, conhecemos muitos lugares lindos.

 Imagem

 Uma coisa que quero destacar é a hostilidade que recebemos no hotel. Pelo jeito, para ser bem atendida você precisa falar italiano. Por Roma ser uma cidade turística, o pessoal não ‘aceita’ muito quem fala inglês. Foi difícil lidar com isso. Os funcionários dos transportes público não tinha paciência para nos dar informações, qualquer pessoa que tentávamos parar para pedir informação simplesmente nos ignoravam. Os garçons dos restaurantes eram esquentadinhos ITALIANOS NÉ HAHA. Um mapa era tudo que tínhamos. Também achei as coisas muito caras, principalmente a comida #asgordaschoram. 

Agora, chega de falar e vamos para as fotos. (algumas são do celular, pois minha câmera está com a bateria viciada, e nunca dura mais que 3 horas :()

ImagemImagemImagem

 

O Coliseu estava passando por restauração, creio eu, então metade dele estava cheio de andaimes :((

ImagemImagemImagemImagemImagem

 

Para jantar escolhemos: pizza!! Como estávamos cansadas da viagem, decidimos não andar muito para procurar restaurantes #preguiçosas haha. Achamos um atrás do Coliseu, muito fofo e ambiente agradável. (a garçonete também era legal haha)

ImagemImagemImagemImagem

O metrô bem no estilo vida loka

Imagem

E o hotel..

Imagem

 

Para não fazer um post grande e cansativo de ver, vou postando aos poucos. Só de olhar me bate uma saudade desse lugar, e da comida também

Bom, esse foi meu primeiro dia em Roma, esperem para ver a próximas fotos e mais relatos engraçados. 

XX.

 

Advertisements
0

Tower of London e New Year’s Eve.

Finalmente encerrando o post sobre Londres. No penúltimo dia do ano, a cidade estava lotada. O frio decidiu intensificar e a chuva decidiu aparecer, mais isso não nos impediu de turistar. 

O lugar visitado dessa vez foi Tower of London.

Imagem

Bom, quem gosta de história como eu, vai amar esse lugar. O ingresso para entrar é 19 libras, se não me engano. (mas estudantes ganham desconto). 

Quando você entra na torre, você pode fazer o tour por conta própria, ou esperar por um guia. Quando entramos, ia ter um tour acompanhado de um guia dentre 10 minutos, então esperamos.

Imagem

ImagemImagemImagem

O tour acompanhado falou um pouco da história da torre, quem já foi executado nela e tals. Muito interessante, eu não saí do pé do guia, só para não perder nadinha.

Entramos em uma capela, que by the way, não podia tirar foto, como tinha um guia junto, eu não quis arriscar.

Dentro da torre tinha vários homens trajados como esse, eles são muito simpáticos e sempre fazem piadas com os turistas

Imagem

 

Logo após o tour pela capela, fomos ver: TCHÃRÃN…. AS JÓIAS DA RAINHA!!

Tudo em Londres tem fila né…pois é, pegamos uma fila bem grandinha para entrar e ver as jóias da Titia Beth.

Imagem

Imagem

 

É tipo um museu lá dentro, antes de ver as jóias, vimos um pouco da história de cada peça que estava ali, as pessoas que usaram elas e etc..

ImagemImagemImagemImagem

Gente é muito ouro, acho que uma peça dessas me faria rica pra sempre #ishalá

ImagemImagemImagem

 

Bom, já escolhi meu bday gift!! O que vocês acharam?

Imagem

 

ImagemImagem

Terminado nosso passeio, fomos para a Oxford Street Paraíso das Compras  para fazer umas comprinhas heheh

ImagemImagem

Essa decoração de fim de ano é um amor né, de noite fica ainda mais lindo.

Gente, a Oxford Street é um paraíso, tem todo tipo de loja. Tem que segurar o cartão para não falir.

Imagem

 

And the next day…finally new year’s eve!!

Resumindo meu dia, fiz check out no hostel e fui levar as malas para a residência de uma amiga que ia ficar com a gente durante o réveillon.Aproveitei e descansei, porque sabia que a noite ia ser cansativa.

Como a grande atração é na London Eye, todas as ruas que a cercam são interditadas. E à medida que vai lotando, eles não deixam mais ninguém entrar. Então, decidimos sair cedo pra ficar em um lugar legal para ver os fireworks. Os metrôs estavam lotados, todo mundo agitado e todo aquele clima de ano novo pairando no ar. Eu estava com o coração apertado, pois foi a primeira vez que passei o ano novo longe dos meus familiares e amigos. Mas não deixei esse sentimento atrapalhar meu momento. 

Posso dizer com todas as palavras que essa virada de ano foi a melhor da minha vida. A companhia estava ótima, conheci várias pessoas queridas e desejei que 2014 fosse um ano bom, assim como foi 2013. 

Depois de esperar hooooooooooooooras em pé, aquele vuco-vuco de gente, faltando pouco para meia noite…começa a chover u.u 

Como eu estava na esquina entre o Big Ben e a London Eye, eu tive uma visão privilegiada dos fogos. E que coisa linda viu? Se eu pudesse voltar aquele dia over and over again…

Imagem

Conforme foi passando as horas, a roda gigante ia mudando de cor ❤

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagem

Foi lindo, só quem estava lá pode descrever o quão maravilhoso foi. How I miss this day 😦

Porém, tudo que é bom acaba rápido. São apenas 12 minutos de fogos, e depois disso todo mundo vai embora, não sobra uma alma na rua.

Mas minha jornada não acaba por aí, depois do último segundo de fogos de artifício, literalmente, eu saí desesperada por uma estação de metrô aberta, pois tinha um voo para pegar bem de manhã. Foi alucicrazy…however, deixarei para contar essa aventura pós ano novo no próximo post.

Xoxo.